Entrevista com o estilista Jean Calypso!

 

Oi meus ZAMORES! Tudo bem com vocês?
   Espero que sim, pois eu estou ótima e super feliz, afinal, hoje é a segunda entrevista aqui do blog no quadro CONTA AÍ!.
   Bom, e hoje eu trouxe nada mais nada menos que uma pessoa super talentosa (morri na inveja) e que eu admiro muito o trabalho dele, sem contar que temos algo em comum (amamos a Joelma rs).
   Bom, o nome dele é Jean Alves Silva de Paula, mais conhecido como Jean Calypso, ele tem 23 anos e mora no estado do Acre
   Só pelo sobrenome já dá pra ver que ele é super fã da Joelma neh? Pois é, e só pra matar vocês de inveja, a loira  poderosa já usou três peças dele. Neh fraco não hem? Rsrs
 Pois é, mas vamos parar de conversinha e bora conhecer um pouquinho mais sobre ele?
Gi: Como nasceu essa paixão pela moda?

J. Calypso: Acho que já veio de berço, essa paixão por moda.

Gi: E se não fosse estilista, o que seria?

J. Calypso: Seria e prendendo ser arquiteto.

Gi: Com quantos anos você decidiu que queria seguir essa profissão?

J. Calypso: Desde muito novo.

Gi: Quais seus estilistas preferidos? Inspira-se em algum?

J. Calypso: Robytty Mour e Leandro de Jesus.

Gi: Como você se sentiu ao ver a Joelma com uma roupa sua?

J. Calypso: Fiquei muito feliz. Eu já sabia que ela iria usar, pois ela mesma gravou vídeo falando.
Gi: O que você acha do mercado da moda aqui na região Norte?

J. Calypso: Pra mim a região norte é precária nesse sentido da moda. São tanta gente com talento e com tão pouca oportunidade.

Gi: Qual a sua inspiração pra criações tão lindas? Procura transmitir um pouco da sua regionalidade?

J. Calypso: Eu sempre me inspirei na minha raiz, no povo, no norte... Sempre gostei de fazer o humilde se transformar em luxo.
Gi: Quais dificuldades você encontrou no início da carreira? Já pensou em desistir?

J. Calypso: A maior dificuldade era esconder do meu pai minha preferência por roupas. Várias vezes eu já desisti, mais eu sempre pensei: tudo com seu tempo.

Gi: Qual conselho você daria pra quem pensa em seguir a mesma profissão? (Tipo eu rsrs).

J. Calypso: Meu conselho seria assim: Se você parar sua vida pra agradar os outros, nunca você será alguém. Então desistir por dificuldade até pode, mais esquecer jamais. Pois só quando realizamos um sonho alcançamos a paz.

Gi: Você já sofreu algum tipo de preconceito por ser estilista, já que o Brasil e um país extremamente machista?

J. Calypso: Preconceito todo mundo sofre, eu lembro quando criança as pessoas me criticavam, me colocavam inferior aos outros e hoje essas mesmas pessoas me aplaudem e usam aquilo que faço.
E aí? Gostaram? 
Eu amei! Afinal de contas sou apaixonada por isso. Também faço uns rabiscos rsrs. 
Querem acompanhar de pero o trabalho dele? Siga suas redes sociais!
E até a próxima!!!


Seguidores

Visualizações